Duarte Freitas defende melhores relações económicas entre Açores e Canadá
Publicado em 01 de Dezembro, 2015

O presidente do PSD/Açores reuniu, em Toronto, com o Ministro das Finanças do Governo do Ontário. Duarte Freitas e Charles Sousa trocaram impressões sobre a atual situação económica de Portugal e do Canadá num encontro de uma hora que valorizou a importância da diáspora açoriana na América do Norte.

Os dois responsáveis políticos debateram a necessidade de captar e facilitar investimento canadiano na Região Autónoma dos Açores, através de melhor promoção e maior desburocratização das oportunidades de negócio nas ilhas.

Duarte Freitas agradeceu a Charles Sousa o “importante contributo que tem dado para a notoriedade e dignificação da comunidade portuguesa do Ontário” como responsável governamental das finanças públicas na maior província do Canadá, com mais de 13 milhões de habitantes. O antigo deputado e atual ministro, casado com uma micaelense, “constitui um justificado motivo de orgulho para todos nós”, acrescentou.

A reunião com o Ministro das Finanças realizou-se na sequência da visita de Duarte Freitas à Assembleia Legislativa da Província do Ontário, onde foi recebido pela deputada Cristina Martins e saudado por todos os deputados canadianos em Toronto.

O líder do PSD/Açores, que iniciou a sua deslocação ao Canadá visitando a comunidade açoriana de Montreal, foi recebido em Toronto, ainda no domingo, com um jantar em sua honra organizado pela secção local do Partido Social-Democrata.

No encontro realizado na Casa do Alentejo de Toronto, Duarte Freitas enalteceu o trabalho desenvolvido por cerca de uma centena e meia de militantes sociais-democratas radicados na província do Ontário, sob a coordenação da jovem micaelense Paula Medeiros.

Sobre o “novo ciclo que se avizinha para os Açores” com as eleições regionais de 2016, Duarte Freitas afirmou que “está na hora de mudar de governo, porque temos tido muito dinheiro mas poucos resultados”.

“Vinte anos é muito tempo e os Açores precisam mesmo de uma grande mudança”, concluiu.