Anúncios – Opinião de Hermano Aguiar
Publicado em 23 de Novembro, 2015

Entre 2010 e 2014, o governo regional anunciou verbas no valor de 112,6 milhões de euros com destino à “promoção e desenvolvimento do turismo”, tendo 25 milhões ficado por executar.

Para o corrente ano, o Parlamento aprovou 10,7 milhões de euros também para a promoção e desenvolvimento do turismo. No final de setembro passado, 35% desta verba estava por executar.

Os empresários da área do turismo conhecem a diferença entre anúncios e o real investimento público. E os atrasos no pagamento.

O governo da república conseguiu fazer com que os açorianos pudessem viajar para fora da Região pagando um máximo de 134€.

A liberalização dos voos entre os Açores e o Continente, e a consequente entrada das low-cost, foi oiro sobre azul para a economia regional.

Em nove meses, a Easy Jet e a Ryanair já fizeram pela promoção do turismo dos Açores muito mais do que o governo regional fez em anos de feiras e campanhas publicitárias, gastando milhões de euros mal gastos.

O Estado, também aqui nestas nossas nove ilhas, deve ser supletivo e não dominador, castrador da iniciativa das famílias e dos empresários. Os açorianos ficariam a ganhar … e alguém a perder!