SATA sem capacidade de carga para escoar peixe das Flores
Publicado em 13 de Agosto, 2015

O PSD/Açores denunciou  “o esgotamento da capacidade de carga da SATA para escoar pescado da ilha das Flores”, referindo que, “desde sexta feira passada que há peixe por embarcar. Isso está a causar graves constrangimentos ao setor das pescas, com claras perdas de rendimento para os pescadores”, disse o deputado Bruno Belo.

O social democrata avança que “há pescadores que já estão a vender o seu peixe a valores muito baixos devido a essa falta de escoamento e à perda de qualidade que o produto sofre a cada dia que passa”, explica.

“Pior ainda, é haver compradores que já não querem o peixe pela falta de garantia de escoamento”, acrescentou Bruno Belo, frisando que “temos hoje 17 embarcações no mar, que chegarão logo à noite com peixe, e vão fazer lota de manhã sem certezas de que o peixe capturado pode sair da ilha”.

O deputado do PSD/Açores acusa a companhia aérea “de falta de planeamento, que parece realmente ser uma falha transversal a toda a empresa, como se tem visto em várias situações. À SATA, mais do que dinheiro ou aviões, tem faltado sobretudo planeamento”, afirma.

“A resposta a esses picos de carga passa por haver um reforço pontual de voos”, diz o parlamentar, sendo que a situação “só não é mais grave porque os funcionários da SATA fazem tudo para minimizar estes problemas. Mas as soluções de fundo não passam por eles, passam por quem gere a transportadora aérea regional, e que não está a prestar um bom serviço aos florentinos e aos açorianos”, concluiu Bruno Belo.