PSD/Açores questiona ausência de médicos na Urgência em São Jorge
Publicado em 05 de Agosto, 2015

O PSD/Açores questionou o Governo Regional sobre os acontecimentos ocorridos ontem na Urgência do Centro de Saúde de Velas, “que resultaram na ausência da médica de serviço durante parte do dia”, motivando “uma recorrente deslocação de vários utentes, a expensas próprias, para o Centro de Saúde da Calheta”, disse o deputado António Pedroso.

O social democrata enviou um requerimento à Assembleia Legislativa, com o qual pretende ver esclarecido se a Unidade de Saúde de Ilha de São Jorge “tomou alguma iniciativa para que a diretora clínica do Centro de Saúde de Velas se apresentasse na Urgência, logo que se verificou a referida ausência”, sendo que “a médica de serviço se deveria ter apresentado às 9 horas da manhã, e que só ao meio dia a referida responsável esteve presente”, refere.

Considerando que “existe um contrato estabelecido entre a Unidade de Saúde de Ilha de São Jorge e uma empresa que disponibiliza os médicos para a Urgência dos Centros de Saúde de Velas e Calheta”, António Pedroso solicitou à tutela cópia do contrato estabelecido entre as referidas entidades, assim como “a relação dos pagamentos efectuados, desde o início do funcionamento deste modelo, entre a Unidade de Saúde de Ilha de São Jorge e a Saudaçor e a empresa que presta aquele serviço”, explica.

“Foi igualmente pedida um relação dos doentes que ficaram em espera na manhã de ontem, com indicação expressa da hora de inscrição e da hora de atendimento efectivo”, adiantou o deputado, para quem importa que “não se repitam os incómodos causados à população pela referida ausência da médica de serviço na Urgência do Centro de Saúde de Velas, devendo prever-se que situações semelhantes não se venham a repetir de futuro”, concluiu.