PSD/Açores denuncia mau serviço da SATA na ilha das Flores
Publicado em 13 de Julho, 2015

O PSD/Açores denunciou o “mau serviço” que a SATA tem prestado à ilha das Flores, referindo que a empresa “não consegue dar resposta ao aumento de passageiros, na medida em que não conseguem confirmar as suas viagens em tempo útil”, revelou o deputado Bruno Belo.

Segundo o social-democrata, a situação “já levou mesmo a que a alguns passageiros, de forma isolada, mas sobretudo alguns grupos, tenham cancelado as suas férias nas Flores. Tudo porque não tinham a garantia de voar nas datas pretendidas e consequentemente procuraram outro destino”.

“Existem passageiros há cerca de dois meses a aguardarem pela confirmação dos seus voos”, realça Bruno Belo.

O parlamentar diz também que a situação “só não se torna mais grave porque, tanto o pessoal de terra como o pessoal de voo, tudo fazem para tentar minimizar esses problemas”.

“Não se compreende que a SATA, uma empresa de capitais públicos, cujo único accionista é o Governo Regional, não acautele do ponto de vista do planeamento e da estratégia o previsível aumento de passageiros nos aeroportos dos Açores”, acrescenta Bruno Belo.

O deputado do PSD/Açores exemplifica “essa falta de planeamento”, referindo que, “no passado dia 2 de Julho, um dos aparelhos Q400 voou apenas duas horas e cinco minutos, no dia 3 de Julho voltou a voar as mesmas duas horas e cinco minutos e, no dia 4 de Julho, simplesmente não voou”.

Bruno Belo refere ainda que, “esta é uma situação grave para qualquer ilha, mas que se sente muito nas Flores, onde a economia é bastante vulnerável, dada a extrema dificuldade em arrecadar receita. Sem a vinda de turistas, o caso torna-se ainda pior”, concluiu.