Problemas da ilha Terceira não se resumem à Base das Lajes
Publicado em 18 de Junho, 2015

O PSD/Açores afirmou que os problemas económicos e sociais da ilha Terceira “não se resumem aos acontecimentos da Base das Lajes, como querem fazer parecer o Governo Regional e a bancada parlamentar do PS”, disse o deputado António Ventura.

Para o social-democrata, “a demagogia do PS quer fazer resumir à Base das Lajes os problemas da Economia terceirense, quando há problemas graves que resultam da falta de investimento na ilha e das muitas promessas não cumpridas pelos vários governos socialistas”, afirmou.

“Os problemas da Ilha Terceira resultam do histórico desinteresse que os governos do PS vêm demonstrando. Não tente o governo regional arranjar desculpas na Base das Lajes para a ineficácia da sua gestão”, acusou.

“O PS limita-se a bater no Governo da República, não aceitando os esforços feitos, pela oposição nos Açores e pelo Governo da República, no sentido de junto aos Estados Unidos da América, ter mantido um contato permanente que está a dar os seus frutos”, referiu.

O social-democrata lembrou que o governo regional “se descuidou ao longo dos anos no que se refere à importância dos Açores no exterior. Com isto, não temos um conceito regional estratégico, assim como não temos uma verdadeira política externa”.

“E agora é preciso um esforço de todos, de modo a que não se passe esta imagem de luta constante para o exterior. Uma imagem que apenas beneficia quem está a negociar connosco, mas que é muito negativa para os açorianos”, adiantou o deputado.

Entre outras iniciativas, António Ventura recordou o chumbo socialista em plenário de um projeto de tesolução “para estudar a geoestratégia e a geopolítica dos Açores”, considerando que “o governo regional e o PS apenas olharam à origem dessa e de outras propostas”.

“E o único problema foi ser o PSD/Açores a propor a realização daquele estudo”, concluiu.