Prioridades – Opinião de Hermano Aguiar
Publicado em 01 de Junho, 2015

As obras da Casa da Autonomia, o capricho caro da esposa do ex-presidente do governo e atual candidato a deputado à Assembleia da República, Carlos César, já foram lançadas a concurso público, pelo valor de 3 milhões 179 mil euros.

As obras do Convento de Santo André do Museu Carlos Machado estão para serem feitas há sete anos. E continua o Museu fechado ao público e o seu espólio a degradar-se.

Os empresários da área da Saúde despedem trabalhadores porque o governo regional não lhes paga as dívidas que acumulam 10 milhões de euros.

Uma Casa da Autonomia cujas obras custarão aos açorianos mais 245% do que o governo prevê investir em todas as obras, durante todo o seu mandato, nas ilhas do Corvo, das Flores, do Faial, de Santa Maria e de São Jorge.

Prioridades de um governo telecomandado por quem teima em querer continuar a mandar, na sombra.

Prioridades de um governo que teima em querer governar para a posteridade.

Casa da Autonomia – uma prioridade que nos irá custar, anualmente, cerca de um quarto de um milhão de euros, para ser administrada pela ex-primeira dama e a sua equipa.

PS: Os rostos vencedores em Espanha são o símbolo da renovação que o PP teima em não fazer!