Governo dos Açores prejudica juntas de freguesia com objetivos partidários
Publicado em 01 de Junho, 2015

Os deputados do PSD/Açores eleitos pela ilha de São Miguel manifestaram a sua “preocupação” com a “aparente falta de critérios objetivos do governo regional na distribuição de verbas pelas juntas de freguesia”, dando como exemplo os últimos apoios concedidos pela secretaria regional do Turismo e Transportes.

De facto, constaram os parlamentares do PSD/Açores durante uma visita à freguesia da Ribeira Seca, Ribeira Grande, “verifica-se numa recente listagem de apoios publicada em jornal Oficial que em mais de 700.000 euros apenas 1.500 foram para uma junta de freguesia de cor partidária diferente da do governo”.

“Este facto é muito estranho e indiciador de que houve apenas o critério de favorecer os autarcas da mesma cor do governo na distribuição dos apoios”. “Ainda mais estranho será o silêncio do governo regional uma vez que a situação já foi denunciada publicamente e até agora nem uma palavra do secretário responsável pela atribuição desses apoio o que é revelador de alguma má consciência”.

Durante a visita à Ribeira Seca, os deputados do PSD/Açores eleitos por São Miguel manifestaram ainda “preocupação pelo elevado desemprego verificado na freguesia e no concelho em consequência direta da crise regional do sector da construção civil” e constataram que “o governo regional não tem cumprido plenamente as suas responsabilidades na limpeza das ribeiras que são competência própria da Região”.

Os deputados sociais-democratas açorianos visitaram igualmente alguns empreendimentos em curso da responsabilidade da Junta de Freguesia da Ribeira Seca como a obra de instalação do posto de turismo e do polo museológico das Cavalhadas, já em fase final, e a construção de casa mortuária e parque de estacionamento, em terreno já adquirido.